Como prevenção, sessão do TJM reúne magistrados por videoconferência

O Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo, em atendimento às decisões e orientações sobre os cuidados com a proliferação da Covid-19 (corona vírus), tem realizado trabalho de forma remota e presencial apenas em casos de extrema necessidade.

Nesta quarta-feira, 13 de maio, aconteceu a sessão do Tribunal Pleno, composto pela totalidade dos juízes da corte castrense, com o cuidado que o momento exige, ou seja, a reunião foi realizada de forma 100% virtual.

A sessão comandada pelo presidente da corte, Clovis Santinon, teve a participação do vice-presidente, juiz Paulo Adib Casseb, do corregedor-geral, juiz Avivadi Nogueira Junior e dos juízes Fernando Pereira, Orlando Eduardo Geraldi, Silvio Hiroshi Oyama e Paulo Prazak, além do procurador de Justiça, Luiz Antonio Castro de Miranda e advogados.

O vice-presidente, Paulo Adib Casseb, falou da nova realidade como algo positivo.”A experiência das sessões por videoconferência tem sido bastante positiva. São efetivas e ocorrem com grande tranquilidade assim como as presenciais, inclusive com sustentações orais elaboradas por advogados. Tudo com a tecnologia operando plenamente e permitindo a continuidade dos trabalhos, preservando a saúde de todos”, concluiu o magistrado.

O presidente, Clovis Santinon, falou da nova realidade do Judiciário. ”Esse tipo de sessão teve aceitação positiva dos magistrados, servidores, Ministério Público e principalmente dos advogados. O equipamento funcionou perfeitamente e está mostrando como será o funcionamento do Judiciário num futuro próximo”, concluiu o presidente do TJMSP.

Vale destacar o trabalho de todos os servidores que, de forma presencial ou remota, garantem o funcionamento da corte castrense neste período de quarentena.

IMPRENSA TJMSP

Trecho da sessão virtual do TJMSP
Sessão virtual para manter a prestação de serviço